Seguidores

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Gratidão

 
Gratidão
 
Azul brilha no céu de verão
De meu alpendre,
vejo morrer o dia
Com o recolher das andorinhas
revejo as paginas da vida
 
Ah, o tempo de outrora, neste
olhar de todas as tardes
Na casa da infancia
O relicário!
 
Na sagrada Hora da tarde
Posso ouvir a Ave Maria!
Neste alpendre contemporâneo
no cair da tarde...
 Faço recolher saudade e gratidão!
 
 
 
Anna Ribeiro
 
 
 
 
 
*Participação em Fabrica de Letras / Tema: Gratidão.
 
 
 

5 comentários:

  1. Gratidão é um belo e nobre sentimento...adorei o poema amiga!
    tenha uma ótima noite!
    bjus!

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga,

    Passando pra convida-la a participar do 1° Sorteio no meu blog. Vem conferir.

    http://artebrentan-artebrentan.blogspot.com.br/2013/01/de-bandeja-1-sorteio-do-blog.html

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, Anna!

    Bela é a gratidão de todos os dias.
    Lindo!

    Abraço,

    Aureliano.

    ResponderExcluir
  4. MUITO LINDO!!!... SEI QUE ESTOU MUITO ATRASADA MAS MESMO ASSIM VIM RETRIBUIR A VISITA,(TIVE PROBLEMAS DE SAÚDE E FIQUEI UM ANO AFATADA). SÓ AGORA ESTOU CONSEGUINDO POR AS COISAS EM ORDEM.
    ADOREI SEU BLOG E AMEI SEU TRABALHO!!!...
    NUNCA FUI MUITO BOA COM AS PALAVRAS, E ADMIRO MUITO QUE CONSEGUE TRABALHAR COM ELAS, DANDO-LHES SENTIMENTOS PRÓPRIOS!!!... ESPERO VOLTAR MAIS VEZES!!!... E (MESMO COM ATRASO) MUITO OBRIGADA PELA SUA VISITA NO MEU BLOG!!!... BEIJOS NO CORAÇÃO!!!...

    ResponderExcluir