domingo, 17 de junho de 2012

Delirio

Delirio
 
Por ti este amor eternizo
No fluir da alma
Em silêncio ouço todos meus desejos
Ha! lamentos meus...Amo-te
Buscando na poesia
O delirar de pensamentos
V
E
R
S
E
J
A
N
D
O
Neste meu querer
Tão grande são os desejos
Viver
Sonhos dobrados.
 

Anna Ribeiro.