Seguidores

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Metáforas do Tempo

Aldrava o ferrolho enferrujado
Estala gritando o passado
Emboloradas paredes no tempo emparedou
Sussurros em festas de gala

Da lareira, a fogueira que não é santa,
jà não aquece o salão teatral
Os versos marcantes dos Saraus parnasianos
Pontilham segredos entrelinhas...

Fugindo de poetas èbrios e desatinados,
A dama e o criado mudo
dormem em alcova alcoviteiras
O relogio badala as horas da madrugada

Entre as despedidas;
Aldrava apóia luva do delito casual

Em penumbra fica o salão vazio...
Por debaixo do tapete, soluçam as noites de ilusões

Anna Ribeiro




11 comentários:

  1. Lindo texto para um lindo objeto...
    Um abraço Neyde e obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyde, lindo texto.

    Um abraço!



    Bjos Luzia

    ResponderExcluir
  3. Oi querida Neyde
    Obrigada pela visita lá no meu cantinho...adorei viu? amei mesmo foi o texto delicioso que você postou...
    bjos ♥

    ResponderExcluir
  4. Neide, como você é gentil..., adoro suas visitas e ler seus comentários, como sempre, elogiosos, - de encantar!
    Não sei se reparou? Mas estou fazendo crônicas literárias e divulgando obras de outros autores, então, se quiseres posso, perfeitamente, divulgar o livro de poesias da Ana Ribeiro que nem sei quem é, mas, por você, faço com o maior prazer.
    Se porventura, ela tiver interesse, peça para entrar em contato que informo do que preciso para a divulgação.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Texto delicioso, Neyde. Muito obrigado pela visita.
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. Minha cara amiga,
    Que surpresa eu tive! Fui ao Clube de Autores pesquisar o livro da Anna Ribeiro e vejo sua foto? Que negócio é esse? Você, afinal, é Neyde ou a Anna é sua irmã gêmea? Mas não importa, - estou brincando; o que importa é que fiquei muito feliz por saber que você é a autora do livro. Agora, com mais razão, faço questão de divulgar sua obra, o que me dará muito prazer por sinal. No meu perfil você encontra o meu e-mail, por favor, entre em contato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Vendedor de Ilusão,Neyde/Anna Ribeiro assim:
      Neyde/ Artes Plasticas ( assinado desde menina)
      *Anna Ribeiro/Poetisa - Ficou imbernada,reapareceu na maturidade ( antes na juventude tinha vergonha)este era o nome de minha vó materna... Homenageando-a como poeta adotei o pseudônimo;Anna Ribeiro.Devo dizer também que estou muito lisonjeada e agradecida pela atenção em divulgar meu livro, abraços Anna Ribeiro

      Excluir
  7. Olá,Neyde!
    Passei para ler mais uma vez seus lindos poemas,que sempre me enchem de saudosa ternura.
    Bjos,bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyde,
    Vim para lhe desejar um ótimo domingo e uma semana proveitosa! Estou preparando a divulgação do seu livro e suscitou uma dúvida: qual é o título da obra publicada pela editora Cidadela-RS.
    Desculpa por usar esse espaço para perguntar!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Olá Neyde,

    Menina ando no corre-corre do dia-a-dia que somente agora é que pode vim te agradecer a visita e o abraço, muito obrigada!!!
    Seus poemas são lindos!
    querida uma semana muito abençoada e que seja sobre a proteção de Deus pra você e sua família.
    Beijos..............................
    Shalom adonai.

    ResponderExcluir
  10. Oi Neyde, tem novidade no blog: divulguei o teu livro! Espero que goste.
    Um abraço.

    ResponderExcluir