Seguidores

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Canteiro da Alma

Que outra metáfora
Senão poesias
colhendo flores...

Meus pensamentos
em vôos rasantes
Pousa em vertigens de paixão!
Mesmo que em seu olhar

Minha alma encontre canteiros sem flores
Talvez;-
Do olhar por dores
Haja segredos ainda não habitado

Anna Ribeiro.



Um comentário:

  1. Olá Neide,faz tempo que não me visitava,já estava saudosa rsrsrs,vc viu as mãozinhas do meu gatinho,tem 2 aninhos e 5 meses,se mete em tudo!Eu pedi para tirar as mãos mais ele não queria tirar...bati a foto assim mesmo.Um abraço querida..Li.

    ResponderExcluir