Seguidores

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Adeus

Encolhida
Alma retraida
Foram-se os sonhos
Que nem sei se vivi
Tédio silêncio...
Roubaram meu tempo
Descobri...
'E hora de partir.

Anna Ribeiro.

4 comentários:

  1. Ainda há muito tempo, Anna! O poema é triste e bonito ao mesmo tempo. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Lindo o poema..lindo o desenho.
    Sempre gostei de poemas tristes,acho que mostra mais a alma do poeta.
    Só espero que a última frase seja apenas figura poética...afinal,os poetas são tão emocionais...rsrsrs...
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Passando para agradecer a visita, um bom fim de semana pra você!!!

    ResponderExcluir
  4. Neyde, Olá.

    Adeus palavra triste que pesa na gente. Mas esse partir, embora triste,prevê uma esperança: outro lugar, outros encontros, outra vida...Quem sabe...
    Abraço,

    Aureliano.

    ResponderExcluir