Seguidores

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

...Em Fuga

Em dormentes trilhos,
Já antigos...
Versos de amor
Passa na janela do trem
A difusa paisagem da saudade!

Viajando em estação...Outono
Na bagagem lembranças e sonhos
Cansada; cerra as palpebras
Mas; pelos corredores do vagão,
 
Ventos a uivar.
Das folhas ao vento; 
Esconde-se; o ontem...
Olhando em volta; vazio

Deixou escapar um suspiro!
Nesta viagem do tempo!/ Se antes declarada
Hoje não haveria o momento sentido.
 
Anna Ribeiro.